Youtubers changrandenses ganham espaço na grande rede

0
5983
Cada vez mais adolescentes utilizam o Youtube para produzir conteúdo para a grande rede. Foto; Paulo Sérgio / Chã Grande News Imagens

Por Paulo Sérgio Paulino

 

Orçamento apertado, ou até inexistente, ausência de equipamentos necessários para uma produção, como câmeras, por exemplo, mas muita vontade de fazer. É assim que podemos definir a grande maioria dos youtubers em todo o mundo. Muitos, longe dos holofotes e dos milhares de seguidores, vivenciam uma rotina bem distante de canais mais consagrados. Mesmo assim, não perdem as esperanças de que um dia seus reconhecidos na grande rede.

Enfrentando todos os mesmos obstáculos, Chã Grande contabiliza nove principais canais no Youtube (plataforma de vídeos). Cada qual com seu conteúdo, buscam todos os dias a audiência, ou a cativação de seu público com produções improvisadas, mas que são feitas com muita dedicação e vontade de dar certo.

Garimpando o Youtube à procura dos canais changrandenses, é possível encontrar de tudo um pouco: dicas de beleza, gamers e humor, muito humor. Garantir o riso de quem assiste é um dos principais objetivos dos canais, encabeçados por adolescentes da cidade.

Canal Matutinando busca atrair público com humor característico de seus vídeos. Foto: Paulo Sérgio / Chã Grande News Imagens
Canal Matutinando busca atrair público com humor característico de seus vídeos. Foto: Paulo Sérgio / Chã Grande News Imagens

Com essa temática, Alexandre Azevedo (18), Vinícius Matheus (15) e Felipe Henrique (19) criaram o canal “Matutinando“. O nome um tanto quanto peculiar, tem uma explicação. “O nome surgiu pelo fato de sermos do interior, achamos único e diferenciado”, revela Felipe.

Semanalmente, o canal leva ao seu público, em torno de 250 inscritos, seus novos vídeos. Com uma linguagem até um pouco pesada, digna de canais como Canal Canalha (8.675.628 inscritos) e Caracol Raivoso (2.288.654 inscritos), os garotos abusam da criatividade em suas produções. A falta de estrutura é transformada em humor, como garante Alexandre: “Vergonha com a câmera não existe. Mas existem problemas como a falta de alguns equipamentos.”

Como já dito, a ideia surgiu da ideia dos três jovens, que queriam criar um canal para extravasar e garantir as gargalhadas de quem assiste. Nisto, Alexandre reuniu os amigos de escola para “aparecer” no Youtube. “Quem me conhece sabe que sou bem palhaço. Gosto de zoar a galera, seja quem for. Junto com esses caras fica muito melhor”, diz Alexandre.

Vídeos do Matutinando têm o humor como característica principal. Imagem: Reprodução
Vídeos do Matutinando têm o humor como característica principal. Imagem: Reprodução

Lançado em 6 de dezembro de 2015, menos de um ano no ar, o canal contabiliza 12 vídeos, se destacando pela diversidade de conteúdo. É possível encontrar respostas de perguntas deixadas pelos usuários do Youtube, desafios, brincadeiras e até paródias, como o Jornal do Matuto. O fictício noticiário, que deve ganhar sequência, brinca com notícias da cidade.

Ana Carolina é youtuber, produzindo conteúdo semanalmente para seu cana, que tem seu nome. Foto: Paulo Sérgio / Chã Grande News Imagens
Ana Carolina é youtuber, produzindo conteúdo semanalmente para seu cana, que tem seu nome. Foto: Paulo Sérgio / Chã Grande News Imagens

Zapeando pelo Youtube, entre um canal e outro, é possível encontrar canais sobre os mais variados assuntos. Quem pesquisar por Ana Carolina Oliveira vai se deparar com uma adolescente, de mesmo nome, dando dicas sobre maquiagem, mostrando desafios, respondendo perguntas e muito mais.

Com apenas 14 anos de idade, a adolescente é uma produtora de conteúdo no Youtube. Com pouco mais de dez anos no ar, o Youtube se tornou uma plataforma bastante frequentada pelos usuários da internet mundo à fora. Assim como Ana Carolina, milhares de pessoas estão disputando a atenção do público em busca de inscritos, curtidas (Chamadas de likes) que podem gerar fama e destaque para os youtubers.

Tendo como inspiração os canais Boca Rosa (2.83.201 inscritos), Ana Carolina iniciou sua trajetória no Youtube há quatro meses, conseguindo chegar a marca de 71 inscritos. “Tudo foi por acaso, comecei a me inscrever e imitar em casa. Foi daí que veio a ideia de ter meu próprio canal”, revela.

Do acaso, a garota transformou em rotina que divide com os estudos. Semanalmente publica vídeos no canal, atraindo uma grande quantidade de comentários. E ela já projeta seus desejos para o canal: “que ele cresça, se destaque e que as pessoas o reconheçam.”

Mas a lista não termina por aí. Com uma proposta voltada para o mundo dos games, o adolescente Davy Souza (15) criou há dois anos o canal Zurckgame. O espaço apresenta vídeos sobre jogos e lançamentos de novas plataformas digitais. Recentemente, o vídeo sobre o lançamento do jogo Pokémon Go no Brasil, mostrando a jogabilidade do aplicativo em Chã Grande, fez bastante sucesso.

Tendo como inspiração a youtuber Malena 010102, Davy teve a ideia para criar seu canal. “Gosto disso, então acabo sempre me divertindo, sem ter tempo pra me preocupar”, diz.

Com tags, tutoriais e vlogs, Polly Vlog é um dos canais changrandenses no Youtube. Foto: Reprodução
Com tags, tutoriais e vlogs, Polly Vlog é um dos canais changrandenses no Youtube. Foto: Reprodução

Há quatro meses no ar, o Polly Vlog apresenta ao seu público uma mistura de tags, tutoriais e vlogs. Contabilizando 153 inscritos, o canal é capitaneado pela adolescente Polyane Maria (17), que se esforça para apresentar o seu melhor. “Sempre acompanhei vários youtubers e isso me deu vontade de criar meu próprio canal”, revela.

Tendo como inspiração o piauiense Whindersson Nunes, recentemente eleito como o segundo youtuber mais influente, Polyane saiu do anonimato e passou a produzir conteúdos. Sozinha em seu canal, divide todas as tarefas. Mesmo assim não desiste e já sonha com o futuro: “quero que meu canal cresça e seja reconhecido. Acho que isso é o que todos os youtubers desejam.

Maria Gleizilane é titular do Mah Tube, um canal que apresenta conteúdo variado. Foto: Reprodução
Maria Gleizilane é titular do Mah Tube, um canal que apresenta conteúdo variado. Foto: Reprodução

Prestes a completar um ano no Youtube, o Mah Tube é a expressão de Maria Gleizilane (13). Assim como os demais youtubers, a adolescente também se inspirou para criar seu canal. “Desde criança eu via os youtubers de várias cidades grandes e achava que não poderia criar um canal por ser de cidade do interior. Era o meu sonho”, diz.

Com Vih Tube (2.947.894 incritos) e Kefera (9.173.163 inscritos) como inspiração, Maria Gleizilane deixou as dúvidas de lado e apostou em criar seu próprio canal, ou, como ela diz, realizar seu sonho.

Eyshilla Vitória apresenta uma variedade de conteúdo em seus vídeos. Foto: Reprodução
Eyshilla Vitória apresenta uma variedade de conteúdo em seus vídeos. Foto: Reprodução

“Sempre tive vontade de ser uma youtuber”, parece até um refrão decorado entre os youtubers. Desta vez, quem diz isso é a adolescente Eyshilla Vitória, que tem o canal com seu mesmo nome. Apresentando desafios, brincadeiras, perguntas e respostas e discussão de assuntos da adolescência, o canal busca cativar seu público.

“O que me motivou foi ver os vídeos de vários canais, tipo Caracol Raivoso, Zoio, entre outros. Isso foi me inspirando até chegar e fazer um pra mim, com a ajuda dos meus meus amigos”, diz.

Mais novo na lista de canais changrandenses, Jeo Alves está no ar há um mês. Mesmo assim, o canal contabiliza a marca de 109 inscritos. Capitaneado por Jeferson Alves (20), o canal fala sobre vários temas da atualidade, o que faz parte do dia-a-dia, por exemplo.

“Eu tinha muitas ideias para expor e a forma que achei foi expor no Youtube”, revela. Com inspirações como Whindersson Nunes e Christian Figueiredo (6.012.673 inscritos), o canal traz para seu público uma temática voltada para o humor.

Além destes, a lista conta ainda com o Zuando a Galera e o Canal das Teens. O primeiro, produzido por Leandro Rodrigues (19), tem o humor como bandeira. “Tentamos fazer com que as pessoas deem gargalhadas ao assistir nossos vídeos no Youtube”, diz.

Estherfany
No Canal das Teens o público encontra desde tags, tutoriais e brincadeiras. Foto: Reprodução

Já o Canal das Teens tem a adolescente Estherfany Willyane, de apenas 12 anos, como sua produtora. Lá ela aborda sobre tags, tutoriais e muitos outros assuntos. “É uma forma de interagir com os outros, conhecer novas pessoas, ter a vontade de editar vídeos”, diz.

Entre a busca pela fama e as dificuldades que enfrentam para, muitas das vezes produzir seus conteúdos, os youtubers changrandenses preferem seguir pela primeira opção. Sabem que ainda estão no anonimato, comparados com outros canais, mesmo assim persistem na ideia de serem famosos no Youtube.

 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here