Forró tradicional toma conta do Parque de Eventos Luiz Gonzaga, em Caruaru

0
218
Renand Zovka

O primeiro fim de semana de shows, em Caruaru, finalizou com muito forró tradicional para o publicou que foi até o Parque de Eventos Luiz Gonzaga, neste domingo (03), conferir os shows de Didi Caruaru, Chambinho do Acordeon, Alcymar Monteiro e Geraldo Azevedo.

Quem abriu a noite foi Didi Caruaru que fez uma bonita apresentação com o autêntico forró e abrilhantou seu show com a participação da quadrilha Molecodrilha. “É uma honra participar dessa festa que reúne tantos artistas, uma mistura de ritmos, mas que eu sempre faço questão de levar para o público o forró tradicional para que Luiz Gonzaga não seja nunca esquecido”, disse o cantor.

A segunda atração a subir ao palco do Pátio do Forró foi Chambinho do Acordeon. Com um show cheio de cultura e tradição. Ele mostrou que, mesmo nascendo em São Paulo, suas raízes são nordestinas. “Estou muito feliz e emocionado em cantar em Caruaru. Meus trabalhos sempre tiveram inspiração no Mestre Camarão e estou me sentindo em uma Copa do Mundo tamanha é a grandiosidade deste evento”, relatou.

O cantor Alcymar Monteiro, que tem mais de trinta anos de carreira, foi a terceira atração da noite. Ele trouxe para os caruaruenses uma mistura de seus grandes sucessos com músicas dos novos trabalhos. Entre as músicas mais cantadas pelo público estiveram “Rosa dos Ventos”, “Ela nem olhou para mim” e “Ponta de Faca”. Na coletiva de imprensa, Alcymar fez questão de defender o forró tradicional. “É importante não deixarmos o verdadeiro forró perder o seu espaço no São João de Caruaru”.

Fechando a noite, o cantor Geraldo Azevedo fez todo mundo cantar seus grandes sucessos numa apresentação emocionante. Os caruaruenses estavam ansiosos pelo seu show, já que o artista não se apresentava na cidade desde 2013. “Fico muito feliz em voltar aqui e ouvir as pessoas curtindo e cantando as minhas músicas, de mais de 50 anos de carreira”. O caruaruense João do Pife e a banda Zé do Estado fizeram uma participação no show de Geraldo Azevedo, quando ele cantou a música “Forrozear”.

As festas de São João, em Caruaru, continuam na próxima semana espalhadas pelos 22 polos que a cidade possui este ano.

Alto do Moura – O maior Centro de Artes Figurativas das Américas é também o destino dos forrozeiros nos finais de semana, durante o São João de Caruaru. Dezenas de caravanas desembarcaram, neste domingo (03), no Alto do Moura, para curtir a tradição do forró nas ruas e no arraial do Polo Mestre Vitalino. Gente de todo lugar se reuniu para compartilhar alegria e momentos inesquecíveis.

De mãos e braços dados, uma grande roda se formou no meio do arraial. Foi durante o show da Banda Alternativa, a segunda atração do dia. Era o início do ciclo junino para a animada turma de Timbaúba – PE, que veio curtir, por mais um ano, a festa do bairro. “Estamos começando o nosso São João aqui no Alto do Moura. Uma festa muito pacata e divertida, que reúne não só o pessoal de Pernambuco, mas de todo o Brasil. Por isso que todos os anos estamos aqui”, declarou o motorista Gilberto Júnior.

A turma de Paudalho-PE não ficou para trás. Veio a caráter, vestida de xadrez e chapéu de couro, com os instrumentos de zabumba e triângulo nas mãos, formando uma bandinha de forró de pé-de-serra improvisada. Os ‘integrantes’ não deixaram a animação da galera parar, nem na hora dos intervalos. Entre uma atração e outra do palco, no chão, o forró era com eles. “Para mim é uma satisfação muito grande estar aqui com minha rapaziada de Paudalho, junto com o pessoal de Caruaru, curtindo o Maior e Melhor São João do Mundo”, destacou o funcionário público Valdemir Miranda.

Os festejos do Alto do Moura acontecem durante o dia, iniciando sempre às 10h. A primeira atração de hoje foi a Banda Garotos do Forró, seguida pela Banda Alternativa, que contou com a participação da Banda de Pífanos Mirim de Caruaru. Depois subiram ao palco os cantores Barthô, Reginaldo Azevedo e Lucas do Acordeon.

Estação Ferroviária – Neste domingo (03) a animação tomou conta dos caruaruenses e turistas que visitaram os polos do Repente, Infantil, Juarez Santiago, das Quadrilhas, e a Casa do Forró que ficam localizados na Estação Ferroviária, um lugar multicultural que contempla todos os gostos.

A declamação, rimas e versos, no Polo do Repente começaram logo cedo, às 17h, com Espingarda do Cordel e Erasmo Ferreira X Miro Pereira. “Um lugar onde todo sertanejo se sente em casa e feliz”, afirmou o advogado Marcos Cabral de Arcoverde.

No Polo Juarez Santiago, os forrozeiros não ficaram parados, desde às 19h que o forró pé de serra agradou os visitantes. Se apresentaram no local os trios Bigodinho dos 8 Baixos, Vitalino e Erivaldo. “A tradição é a melhor parte do São João. Não sou contra que venham as atrações nacionais, independente do tipo de música, mas também não pode faltar o pé de serra que é alma do São João”, lembrou a professora Marta Viegas, de Recife.

Já o Polo das Quadrilhas foi palco de apresentações culturais. Outra atração que chamou a atenção foi à apresentação dos Bacamarteiros. “Isso é cultura e tradição, não é à toa que Caruaru tem o maior e melhor São João do Mundo. Para me divertir, eu não preciso nem sair da Estação aqui tem tudo que eu gosto”, garantiu o estudante caruaruense Lucas Ferreira.

A programação da Estação Ferroviária segue até o dia 30 de junho, quando termina os festejos juninos da capital do forró.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here