Chã Grande comemora dia da independência com desfile cívico

0
259

O Brasil comemorou nesta sexta-feira, 7, 196 anos de sua independência. Em Chã Grande, a data foi comemorada com uma programação especial, que envolveu autoridades municipais, estudantes, professores e a população em geral, no maior desfile cívico da história do município. Ao todo, a edição deste ano reuniu 10 escolas municipais, três escolas particulares, 10 bandas, além do Centro de Convivência de Idosos (CCI), Casa das Juventudes e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O dia dedicado à pátria começou logo cedo em Chã Grande. Nas primeiras horas da manhã, a Banda Musical Pedro Jorge Frassati saiu às ruas da cidade simbolizando a importância da data para os brasileiros. No mesmo momento, a Banda Marcial Euclides Alves, da Escola Municipal João Faustino de Queiroz, percorreu as ruas dos bairros Morada Nova e Newton Carneiro.

A programação teve sequência na sede do poder legislativo municipal. Com a participação do presidente Jorge Luís e dos vereadores Maria Célia e Ademir Batista, representando a Casa Paulo Viana de Queiroz; do prefeito Diogo Alexandre e do vice, Sandro Corrêa; do Pastor Joelson Rocha, da Primeira Igreja Batista; secretários, diretores e a população em geral, foram hasteadas as bandeiras do Brasil, Pernambuco e Chã Grande. O ato foi repetido também em frente a Prefeitura Municipal.

Por volta das 9h, teve início o desfile militar em Chã Grande, com a passagem do Tiro de Guerra da cidade de Vitória de Santo Antão, em frente ao palanque oficial, onde estavam as autoridades municipais, na Avenida São José, centro da cidade.

Após a passagem do Tiro de Guerra, a Banda Musical XV de Março fez a abertura do desfile cívico. Ela foi seguida pela Escola Municipal XV de Março, que falou um pouco sobre sua história e legado. As Escolas Nosso Amiguinho, Araquém e Educandário Batista deram sequência ao desfile, apresentando ao público seus temas trabalhados. A Escola Municipal Sandra Siqueira de Macêdo veio em seguida, mostrando um pouco sobre a história de Chã Grande.

Como o tema sugerido pela Secretaria de Educação foi a história e os destaques do município, a Casa das Juventudes contou um pouco sobre o potencial de produção de flores de Chã Grande. A instituição trouxe como homenageado o senhor Mariano Soares, falecido este ano, que foi um dos maiores produtores de flores da região. O desfile da Casa das Juventudes foi acompanhado pela Banda Gravatá, da Escola Gravatá, e pelo Centro de Convivência de Idosos (CCI) e Educação de Jovens e Adultos (EJA).

As escolas municipais Santa Luzia, que estreou sua banda marcial, Maria Amélia, que teve como tema o comércio chãgrandense, Laerte Pedrosa, Nossa Senhora de Fátima e 20 de Dezembro deram sequência ao desfile. Antes, porém, o público acompanhou a apresentação especial da Banda Musical XV de Março, em frente ao palanque oficial. Sob a batuta do maestro Jailson Alves, os músicos executaram os mais variados ritmos musicais.

A Escola Municipal João Faustino de Queiroz apresentou a sua Banda Marcial Euclides Alves, criada em 2013 mas que apenas este ano ganhou a nomenclatura. O desfile contou com a direção do experiente coreógrafo Ronaldo Corrêa. A Escola falou sobre a história de Chã Grande, destacando nomes que fizeram e fazem história no comércio local.

Por fim, como já é tradicional, a Banda Musical Pedro Jorge Frassati fez o encerramento do desfile cívico de Chã Grande. Fundada ainda em 1960, antes mesmo da emancipação política do município, a instituição musical tem abrilhantado ao longo dos anos os eventos não apenas em Chã Grande, mas também em toda a região.

Após executar o repertório proposto para a apresentação especial, que contou até com um pout-porri de Reginaldo Rossi, considerado como o Rei do Brega, o público, que apesar do horário ainda estava na Avenida São José, pediu uma última música, para fechar a apresentação. O pedido foi aceito pelo maestro Márcio Carneiro, que apresentou a canção “Jesus Cristo”, composta em 1971 por Roberto Carlos e Erasmo Carlos. A música fechou com chave de ouro o desfile cívico de Chã Grande.

Acompanhando do começo ao fim a programação desta sexta-feira, o prefeito Diogo Alexandre, em seu discurso, lembrou a importância da data para os brasileiros. “No momento onde o Brasil passa por dificuldades, onde há descrença na política e em políticos a nível nacional, que nós possamos fazer uma reflexão, para que possamos unir nossas forças e, num sentimento de esperança e patriotismo, dar uma nova direção ao nosso país”, destacou o gestor.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here