Rejeição de Bolsonaro se mantém nos 51% e Ciro cresce em nova pesquisa

0
127
Divulgação

Foi divulgada nesta segunda-feira (10), a primeira pesquisa após o tumulto que gerou um ataque a Jair Bolsonaro (PSL) e após mais de uma semana do início do horário eleitoral na TV. O resultado mostra o candidato do PDT Ciro Gomes subindo nas pesquisas e ocupando o segundo lugar. Na pesquisa também se pode observar um aumento nas intenções em Bolsonaro e que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) despencou nas intenções espontâneas.

De acordo com as pesquisas, a intenção de voto de Bolsonaro passou de 21% para 26%. Ciro Gomes (PDT) foi de 4% para 7%, Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) se mantiveram em 3%, mesmo percentual de João Amoêdo (Novo) e de Fernando Haddad (PT). Álvaro Dias (PODE) oscilou positivamente de 1% para 2%, enquanto os demais não pontuaram. Não sabem ou não responderam passaram de 24% para 22%, não votariam em ninguém foram de 14% para 13%, enquanto brancos e nulos oscilaram de 5% para 4% em uma semana.

Já na intenção de votos estimulada com Fernando Haddad como substituto de Lula, Jair Bolsonaro passou de 26% para 30%. Ciro Gomes ganhou ainda mais força para disputar o segundo turno ao ultrapassar Marina Silva, apesar de manter os 12% das intenções de voto do levantamento anterior. Porém Marina caiu de 11% para 8%.

REJEIÇÃO

Bolsonaro continua com o mesmo numero de rejeição da pesquisa anterior, 51%. Já Marina Silva agora é a mais rejeitada com 64%, Alckmin passou de 63% para 61%. O tucano é seguido por Meirelles, que teve queda de 55% para 52%, mesmo percentual de Haddad. Ciro Gomes possui 51% de rejeição.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-01522/2018. O levantamento foi realizado entre os dias 8 e 9 de setembro com 2000 eleitores e a margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

 

Mídia Urbana

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here