Lista da morte ganha espaço nas capas dos jornais pernambucanos

0
601
Reprodução

As capas dos jornais Diario de Pernambuco e Aqui PE estamparam nesta terça-feira, 15, os últimos acontecimentos relacionados aos crimes que estariam ligados com a “lista da morte”. Divulgada a partir de 2016, na parede do cemitério municipal de Chã Grande, a lista, juntamente com outra divulgada depois, previu a morte de pelo menos oito pessoas.

O mais recente foi do jovem José Moisés Avelino, de 17 anos, assassinado no último sábado (12). Até o momento, não há informações sobre mandantes do crime, nem as motivações.

Antes, no meio da semana, um jovem conhecido como Marcílio, que também teria o nome na lista, foi alvejado de balas no mesmo local, socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para hospitais no Recife, onde acabou sobrevivendo.

O Diario de Pernambuco questiona “Quem será a próxima vítima?” na manchete. Já o Aqui PE, jornal com uma linguagem mais popular, utiliza uma expressão para dizer que a população chã-grandense está apavorada com a onda de assassinatos sincronizados com a lista.

Logo quando a lista foi divulgada na entrada do cemitério de Chã Grande, o assunto ganhou destaque na imprensa estadual e também nacional. O fato chegou a ser noticiado no telejornal SBT Brasil, além dos noticiários locais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here