Prefeito Diogo Alexandre envia à Câmara projeto de lei que reajusta salário dos agentes de saúde e endemias

0
92

Os agentes comunitários de saúde (ACS) e os agentes de combate a endemias (ACE) têm motivo para comemorar, pois o tão sonhado piso nacional da categoria —criado recentemente — será adotado em Chã Grande. Através das redes sociais, o prefeito Diogo Alexandre anunciou o envio do projeto de lei que favorece a categoria à Câmara Municipal de Chã Grande.

O projeto já foi apresentado na Câmara e passará por duas votações no legislativo. Para o prefeito, a ação visa valorizar e respeitar os profissionais dos ACS e ACE que buscam facilitar o acesso da população à saúde e prevenir doenças. “Estamos fazendo mais uma grande ação em prol da saúde pública do município fazendo com que possamos prestar o serviço com mais qualidade para a população”, disse Diogo Alexandre.

A Lei é procedente da MP 827/2018 e garante um aumento de 52,86% ao longo de três anos. Com isso, a remuneração será de R$ 1.250 a partir de 2019; de R$ 1.400 em 2020; e de R$ 1.550 em 2021. Já a partir de 2022, o piso da categoria será reajustado anualmente por meio de um percentual estabelecido na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

“Isso vai ser benéfico para a melhoria do trabalho, pois nosso salário já estava defasado. Queríamos agradecer ao gestor pela atenção dada e por ter enviado o projeto de imediato a Câmara. Se tudo der certo já em fevereiro nós receberemos com aumento”, disse Silvio André, presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Chã Grande.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here