Acigran vai cobrar resposta do Banco do Brasil no Ministério Público

0
156

O presidente da Associação Comercial de Chã Grande (Acigran), Osman Queiroz, informou nesta quarta-feira, 13, que acionará o Ministério Público para obter respostas do Banco do Brasil. A entidade quer que o BB informe uma data definitiva para o pleno funcionamento da agência em Chã Grande.

Segundo o empresário, até o momento o Banco do Brasil informou duas datas para o funcionamento pleno da agência, com a realização de todos os serviços bancários. Até agora, as datas propostas pela agência não foram cumpridas. “A gente já fez todas as devidas alterações. O Banco enviou a ata pra central do Banco do Brasil, e até agora eles não se propuseram a honrar o que foi acordado”, disse.

Uma das datas, inclusive, foi definida em audiência pública realizada no auditório do Fórum Municipal, com a presença do promotor de justiça do município, Gustavo Dias Kershaw, e outros membros do Conselho de Segurança.

Segundo a definição, colocada em ata, o Banco do Brasil retomaria suas atividades normais logo após o início do funcionamento do novo prédio da Polícia Militar, que será inaugurado hoje (14), mas que funciona desde o final de fevereiro.

Para os comerciantes do município, o não funcionamento da agência tem causado transtornos ao comércio local. Em uma rede social, um usuário questionou sobre o início das operações com dinheiro na agência. “O que está faltando para a agência do Banco do Brasil de Chã Grande – PE funcionar normalmente?”, escreveu. “Todos correntistas do Banco e população em geral necessitam com urgência!”, completou.

Na mesma publicação, o mesmo usuário cobrou uma posição do Banco do Brasil sobre o assunto. “Não temos sequer uma posição concreta de quando exatamente o banco funcionará por completo.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here